quarta-feira, 30 de junho de 2010

Porta-controle parte 2 - Promessa é divida

Olá meninas queridas!!!


É justamente por promessa ser dívida que eu precisava cumprir, senão minha moral fica lá embaixo com minhas lindonas. rsrs Pois é, hoje vou mostrar o porta-controle que fiz pro namorado. Na verdade, esse foi o primeiro que terminei mas como entreguei sem tirar foto, ele vai como segundo da saga (o primeiro porta-controle foi mostrado aqui). Aproveitei que hoje saí mais cedo do trabalho (por ter sido o jogo do Brasil) para pagar a dívida. rsrs

Esse porta-controle nem foi tão difícil. Eu queria fazer uma pátina que tinha visto em uma caixa de vinho. Fiz uma pintura mesclando verde musgo e chocolate. Para arrematar, colei umas figuras relacionadas ao modelismo (o hobby dele). Ele adorou, até pediu para colar outras. E no fundo colei cortiça também. Adoro o acabamento com cortiça. Fica bonito, bem acabado, e sem as marquinhas de pinceladas...








Namorado adorou!!! E vcs?

Beijinhos...

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Cestinha azul

Oi oi oi!!!

Gente, esse final de semana terminei uma encomenda grandinha! Foram duas cestas (uma delas inclusive postei aqui), uma bandeja e uma caixa grande. Todas para uma pessoa muito especial. E o propósito também era muito especial: armazenar frascos de florais. Já usei florais e é muito bom!

A segunda cesta que pintei deu um trabalho enorme. Primeiro para lixar. Viu os desenhos entalhados na madeira? Então, precisei lixar um a um com a ajuda de uma lixa de unhas por ser mais fininha. Eita. E para pintar!!! Demorou um bocadinho...



Para pintar em duas cores precisei usar a fita crepe para o trabalho ficar bom. E, apesar de uma das tintas ser escura, precisei passar mais de duas mãos. Não tem jeito, dependendo da tinta vc dá duas demãos, e fica perfeito. Já usando outras, vc precisa pintar mais vezes. Caprichando nos detalhes no interior da caixa e esconder os limites não tão certinhos entre as duas cores, colei um cordãozinho branco para fazer o arremate.



Como ainda não estava satisfeita, pintei alguns detalhes com tinta branca. Para fazer esses detalhes eu sempre diluo a tinta em um pouquinho de água filtrada. Molho o pincel, tiro o excesso na borda do potinho que dilui a tinta, ou em um paninho. E só então faço o desenho. Diluímos a tinta porque é mais fácil de deslizar. Mas, se o pincel estiver muito molhado, acaba borrando o trabalho. Fiz uns detalhes na lateral, e mais alguns na alça e na parte da frente e detrás.


Como sempre, minha amiga cortiça me deu uma forcinha. Como o floral é armazenado em vidro e fica pesado, a cortiça foi perfeita para não arranhar o móvel ou para a tinta não acabar saindo rápido. O bom de fazermos por encomenda é que, como a pessoa sabe exatamente como vai usá-la, podemos fazer uma peça que se encaixe no que nossa cliente deseja.



Gostaram? A minha cliente gostou bastante. Gostou tanto, que eu nem esperava seus elogios!!!

Depois vou postando as outras peças.

Beijinhos e uma linda semana

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Inspiração pega... Cuidado, viu!!!

Olha, gente, como tempo é curto, quando não estou postando coisa nova aqui (ainda bem que hoje em dia os nossos celulares fazem de tudo porque a maioria dos posts escrevo por meu fiel amigo escudeiro, inclusive esse, rsrs), estou criando alguma coisa para postar aqui ou navegando por essa "internet-de-meu-deus". E olha que tem tanta coisa linda, artesanatos mil, fofurices no estilo faça-você-mesmo, matérias sobre o que se quiser... Tanta coisa que é fácil se perder por aqui.

E não é só no mundo virtual não. Comprei a revista Casa Claudia de maio, e me inspirei ao ver uma nova sessão que mostra ambientes da casa de leitores que se inspiraram na revista para decorar. Fiquei apaixonada por uma estante branca. Tenho ficado encantada com cômodos brancos porque aí podemos abusar mais um pouquinho na decoração.

(Não consegui achar a foto da estante no site Casa Claudia. Então, tirei uma foto da revista mesmo. rsrs)

 

Pois é, gostei da forma como os livros e objetos de arte estavam expostos. Foi aí que olhei para a bancada e a estante do meu quarto e pensei "é hoje que vou melhorar isso aqui". E assim fiz. Rearrumei os livros (só não ficou perfeito porque a condição era que todos tinham de ficar na estante, por isso não ficou com um layout muito limpo). Guardei alguns objetos, tirei outros que trouxessem uma lembrança, aquele gosto de infância, sabe. E dispus tudo como achei melhor, testando diversas combinações, que é o mais divertido dessa brincadeira.

Fiz até fotinho no estilo "antes-e-depois". Olhem só!

Antes



Depois








Não ficou lindo?!?! Adorei essa prateleira daí de cima. Lembranças da infância...

Agora só falta os benditos nichos para colocar em cima da bancada. Então, já fico devendo um post ne. rsrs

Ah, e vcs não sabem o que descobri, tem gente me espionando aqui, sabia. Mesmo a pessoa ocupadinha, ela (a pessoa) dá uma passadinha aqui. rsrs Ops, vc está aqui? Ihhh, te peguei, hein. rsrs


Beijinhos...

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Faz tempo...

Oi meninas!!!

Sexta-feira passada eu e namorado fizemos aninho de namoro, na verdade 3 aninhos. rsrs E eu dei para ele uma cesta de café da manhã.

Pra quem é aqui do Rio, comprei tudinho no Mercadão de Madureira, um oásis de coisinhas interessantes. Em uma lojinha que vende itens para cestas. E tinha de tudo. Cesta de queijos e vinhos, cesta de chocolates, até cesta sexy!!! Era só vc escolher os itens, a cesta e o papel para encapar.


Agora uma brincadeirinha com dois bonequinhos muito fofos que comprei, um menino e uma menina. Ela foi batizada de Amoreco e ele, de Biscoito. Qualquer semelhança entre os nomes com a vida real pode não ser mera coincidência. rsrs


sábado, 19 de junho de 2010

Porta-controle Parte 1 - A Passos de Formiga

Oi meus amores!!!

Com passinho de formiga se chega longe, diz a minha vovozinha linda. Coincidência ou não, é assim que estou indo. E sempre em frente que atras vem gente.

Terminei mais duas peças. São dois porta-controles. Ebaaaa! É tão bom terminar e dar de presente... Hoje vou mostrar o porta-controle que fiz para um casal de amigos.

Para eles tinha de ser algo bem clássico. Nada de muito frufru, sabe. Então fiz a base de chocolate com os detalhes em branco para combinar com as cores da sala deles. Também colei um recorte de mdf, daqueles cortados a laser. Colei um em cada lado. E passei verniz geral em tudo para dar uma maior resistência para o tira-e-bota de controles. No fundo colei cortiça para não arranhar o móvel.






Gostaram? O casal gostou sim.

O do namorado eu posto assim que tirar as fotos, viu.

Beijinhos...

quarta-feira, 16 de junho de 2010

De cara nova!!!

Quando a gente está em dívida com outra pessoa, procuramos retribuir de alguma forma, certo? Por exemplo, se ficamos muito tempo sem procurar por um amigo, vamos fazer uma surpresinha carinhosa, né. Só para deixar registrado que estávamos longe, mas não foi de propósito. Então... A carapuça serviu para alguém por aqui, falando mais diretamente, para mim. rsrs

Já estava muito tempo fora, fazendo umas coisitas e decidindo outras, viajando... Ontem voltei de viagem e abri o Blogger para postar, vi novos layouts e pensei "poxa, tô a tanto tempo longe das meninas, que tal mudar a carinha do blog e fazer uma surpresinha pra elas?!?!" E foi isso.

Sem medo de ser feliz, mudei. E é tão bom colocar "roupa" nova, né. rsrs Pois é, estou adorando e espero que vcs também.

A viagem foi bem legal, eu e namorado ficamos quase 4 dias em Sampa. Eu sei que para uma carioca não fica muito bonito ficar falando bem assim de São Paulo. rsrs Mas foi legal mesmo! Tirando o frio do cão que estava lá. Foi só chegar no Rio que tive que tirar casaco, cachecol, até a bota estava incomodando. Sol como aqui parece não existir.

E fomos na pizzaria Famiglia Mancini. Os outros restaurantes do grupo Mancini são os olhos da cara, mas a pizzaria tem um preço legal se vc pegar a pizza gigante que é grande mesmo (sobrou pizza pra mais uma pessoa, no mínimo). Só conseguimos ir lá no domingo. No dia dos Namorados demos com a cara na porta, a fila era inacreditável.

Também fomos dar uma volta na USP e no Mercado Municipal...


E o que é que tem pertinho do Mercado Municipal??? Hein? Hein? Ganhou quem disse 25 de março. Difícil andar por lá para marinheiro de primeira viagem. Mas peguei umas dicas, fui lá duas vezes e gostei bastante... E foi isso.

Ué, que foi? Tá querendo saber mais alguma coisa? Como, por exemplo, o que comprei... Hmmm. Tá bom, eu só queria fazer um suspense. Claro que vou contar. rsrs Comprei coisinhas para preencher arranjos, pout-pourri de sementes, folhagens, flores e coisitchas afins.









Por enquanto ainda está tudo dentro dos saquinhos. Estou pensando em forrar algumas latinhas recicladas e potinhos para guardar minhas aquisições. Depois mostro aqui.

Beijinhos...

sábado, 5 de junho de 2010

Produções a caminho

Lindonas!!!

Véspera de feriado (duas sextas-feiras em uma mesma semana), solzinho no Rio depois de dias baita friorentos... Ufa. Isso é para começar bem o feriado.

Findi passado terminei mais uma pecinha. Tá certo que estou a passo de tartaruga, mas estou fazendo e vendo tanta coisa... Trabalho, pecinhas, visitando e xeretando outros blogs e sites, me interessando por outras coisas nada a ver com minha área totalmente de exatas, etc e tal.

Voltando porque já me perdi com o bate-papo, foi uma encomenda para uma pequena cestinha.


O rosa foi a pedido da dona. E, para não ficar um rosa simples, eu fiz um esfumaçado com esponja marinha na frente, atrás e na alça. Também fiz decoupage e colei cortiça no fundo porque a cestinha vai ser usada para carregar coisinhas pesadas. Ficou simples, mas achei bem delicado.

Ótimo feriado para vcs, lindonas!!!

E, olha, feriado prolongado, façam algo bem legal que lhes dê prazer, afinal de contas é ótimo cuidar de si mesma e se fazer um carinho... (Eita, mega papo Ana Maria Braga... Acho que me empolguei com o solzinho depois de tanto tempo com dias nublados. rsrs)

Beijinhos...

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Mudar ou não mudar? Eis a questão.

Curioso como a gente se apavora com umas coisas e com outras não.


Mudanças... Quando nos deparamos com o novo, o desconhecido, algo dentro da gente começa a gritar. Um medo do nada nos toma conta, paralisa, perturba os pensamentos. Não importa o que seja. Pode ser um novo emprego, uma casa nova, um novo amor, juntar as escovas de dente com a pessoa escolhida... Algumas pessoas sentem só um pouquinho de medo, enquanto outras se apavoram, depende do quanto aquela situação mexe com a gente, a relação que ela tem com a nossa história, com aquilo que já vivemos. Não sabemos como será o futuro, e é justamente isso que assusta... O não saber como será.


Mas será que vai dar certo? E se não der? Será que eu vou ser mais feliz? E se eu não for? E se eu não conseguir me adaptar? E o que meus amigos, marido, esposa, pais, vizinhos vão pensar? Será que que eles vão me aprovar? E se não der certo, como vou desistir? Como vou admitir para todomjndo que fiz a escolha errada?
São tantos "se", "será"... Nos importamos tanto com a opinião do outro... Tudo bem que o outro pode ser alguém muito querido. Mas vamos lá, se vc não sabe o que fazer, como o outro vai saber qual a decisão que VOCÊ, e só VOCÊ, deve tomar???


Mas não tem jeito. Milhares de coisas passam pela mente, pensamentos martelando sem parar.
Mas então, como explicar que continuamos a insistir em agir de forma que não é o correto para nós mesmos. Por que insistir em atitudes não tão legais?

Porque nos acostumamos em agir de determinada forma. Nos acostumamos em sofrer, nos acostumamos com o nosso emprego. Somos extremamente acomodados. Ah, deixa como está, poderia ser pior. E nisso continuamos com nossas vidas. Na maioria das vezes nem nos damos conta que nos sabotamos. Que somos responsáveis por aquilo que temos e recebemos. Conhecem um livro da Zibia Gasparetto "Somos todos inocentes". Não sou muito fã dela, mas esse livro é muito interessante. Mostra como nós todos somos inocentes e, ao mesmo tempo, responsáveis.
Acaba que a vida é um jogo de probabilidades e de ação e reação. Tudo tem 50% de dar certo e de dar errado. E se der errado ainda podemos voltar atras, sem problemas.
Mas então, vcs sabem que quando a gente fala nós somos os pimeiros a escutar, ne. Então na maioria das vezes, falamos o que nós mesmos precisamos ouvir.
Pois bem... Estou com umas duvidas, sabe. Se auto-conhecer é muito bom, te dá um "poder" sobre si mesma, um domínio sobre suas escolhas. E trás uma responsabilidade também. Não dá para ficar quietinha, fingindo que não se sabe de nada.
Sabe, a custa de dar muita cabeçada na parede, descobri que engenharia não é a minha praia. Tenho orgulho do meu diploma, claro. Até porque se formar em engenharia não é nada fácil. Cálculo I, Cálculo II, Fisicas, Químicas e tantas outras...

Consegui conduzir o meu trabalho exatamente para o que gosto de fazer. E lembrar disso me deixa muito feliz. Gosto de lidar com pessoas, de organizar as coisas, em perceber os pequenos detalhes. E gosto também de admirar o belo. Mas essa parte não se encaixa com minha profissão, e nem tem como. rsrs

Tenho prazer em olhar algo bonito. Por exemplo, na época que estudei na PUC aqui do Rio, passava pela orla de Copacabana. Gente, não é nem por ser Copacabana, até porque o Rio tem praias muuuito mais bonitas, mas admirar o mar era algo terapêutico, mágico. Agora mesmo, trabalho próximo ao Teatro Municipal do Rio, que acabou de ser reformado. Gente, sempre quando eu passo por ele, fico olhando, babando, admirando. E isso me dá prazer, contemplar coisas bonitas me dá um prazer enorme.

Mas então, o que fazer? Mudar tudo? Jogar tudo para o alto?

A minha opção é uma mais meio-termo: ter certeza do que se quer, conhecer melhor as alternativas que temos, nos conhecer melhor...

Beijinhos...